Aplicação

FERRAMENTAS E CUIDADOS

A instalação das telhas de PVC requer os seguintes materiais:

Antes de iniciar a aplicação, tenha atenção aos seguintes itens:

  • Utilize equipamentos de proteção individual (EPIs): capacete, óculos, luvas, botas e cinto tipo paraquedas.
  • Evite subir no telhado caso o mesmo esteja úmido ou molhado, a fim de evitar escorregamentos.
  • Tenha cuidado com a rede elétrica.
  • Isole as áreas ao redor e abaixo do telhado.
  • Certifique-se de que as tábuas estão bem amarradas.
  • Ande sempre em cima das tábuas e nunca das telhas. 
  • Esteja atento para não prensar as mãos.

Declividade

A declividade mínima da cobertura em duas águas com as telhas de PVC é de 20%. O produto também pode ser aplicado na vertical, desde que sejam mantidos os cuidados de fixação. Em casos de telhados com uma só água, a declividade poderá ser a partir de 5%

Estrutura metálica, de concreto e de madeira

  • Após fixada a estrutura metálica com massa de cimento, é importante garantir que a superfície esteja plana, com espaçamento perfeito.
  • As tesouras, metálicas ou de madeira, devem passar por um tratamento contra corrosão ou apodrecimento. As peças metálicas podem ser soldadas e as de madeira ser fixadas diretamente.
  • As soldas devem seguir as especificações próprias, de acordo com as normas de trabalho de cada projeto.
  • Toda parte metálica deve passar por tratamento antiferrugem.
  • As peças devem estar planas, sem deformação, e sua espessura deve ser acima de 25mm (de acordo com o espaçamento da tesoura adotada, define-se a espessura do caibro/ripão).
  • A superfície de madeira deve ser tratada com óleo próprio, ser bem plana e ter as dimensões corretas, sem brocas e defeitos, como fendas e outros.
  • A fixação entre as peças de madeira pode ser feita através de prego próprio ou parafusos.

Terças

  • As terças podem ser de 25 X 60mm (ripão), 40 X 60mm (caibros) ou 60 x 120mm (dependendo do vão livre de apoio das peças). Se forem metálicas, usar perfil U de 25 x 50mm ou 40 x 75mm.
  • As terças metálicas devem ter tratamento antiferrugem e ser pintadas com uma camada de tinta epóxi. A madeira pode ser pintada ou tratada com líquido de limpeza ou óleo de linhaça.
  • A primeira peça deve estar a 70mm da extremidade da terça. A última peça deve estar a 100mm da linha da cumeeira.
  • Deve-se colocar uma vigota na cumeeira para melhor fixação da mesma.

Fluxograma de instalação

Linhas

O primeiro procedimento é definir as linhas do telhado, cumeeiras, calhas e respectivos cortes.

Instalação das calhas

  • As calhas podem ser feitas de chapa galvanizada ou de PVC. As chapas metálicas devem ter uma espessura de 0,6mm e as chapas de PVC 1,5mm. A largura mínima deve ser 270mm.
  • Antes de colocar qualquer tipo de calha, certifique-se de que o modelo e tamanho estão de acordo com o projeto.

Cobertura

  • Para a colocação da telha, deve-se posicionar a primeira folha na parte baixa. Certifique-se de seu alinhamento com a linha do próprio telhado. Fixe a parte baixa da telha e depois vá fixando a parte de cima, conforme a ordem numérica da figura a seguir:

 

O trespasse no comprimento entre folhas de telhas deverá ser: telhas miniondas, onduladas e trapezoidais: mínimo de 150mm; telhas coloniais: mínimo de 100mm.

Importante:

A face da telha com mais brilho deve sempre estar voltada para cima.

  • Os furos devem ser feitos na parte alta das ondas. A fixação deve seguir os modelos abaixo. Os parafusos são autobrocantes, mas para fixação em madeira é necessário abrir uma guia com broca de 4mm.

  • Coloca-se a terceira e quarta telha. Após a quarta telha, certifique-se novamente de que as superfícies lateral e beiral do telhado estejam alinhadas. Fazer o mesmo procedimento até terminar o telhado.
  • As laterais devem estar sempre encaixadas e parafusadas.
  • Na fixação nos encontros das telhas, a extremidade deve ser fixa a 100mm da borda. No encontro da primeira com a segunda, deve-se respeitar também essa distância.

  • A distância entre a telha e o eixo da cumeeira deve ser de no máximo 180mm. Caso necessite corte nas telhas, use uma serra elétrica.
  • Telhados de quatro ou mais lados sempre começam com a primeira folha na parte central e depois continuam para as laterais. Importante: Para os telhados com mais de 2 águas é necessário, antes da instalação das cumeeiras laterais, aplicar prime de aderência e, após 2 horas, fixar fita aluminizada de 100mm autoadesiva para vedação na junção das telhas.
  • Todas as telhas devem estar sobrepostas (trespasse) nas laterais, cantos e outros. A sobra deve ser cortada. Antes de cortar, conferir o alinhamento lateral e beiral.

Beiral

  • Para um melhor acabamento do beiral, sugere-se a colocação de um ripão e de um avanço da madeira de 0,58m. Os caibros de apoio deverão ter espaçamento de 3m.

Cumeeira central articulada

  • A peça de cumeeira central possui ondas iguais às das telhas utilizadas na cobertura; basta encaixar as ondas e fixá-la com os parafusos.
  • Para ser colocada, a cumeeira central deve ser alinhada ao telhado, sendo ajustadas as ondas das duas partes. De um modo geral, cada cumeeira é fixada em 3 pontos.
  • A angulação da cumeeira central articulada varia de 10º a 90º
  • Corte a sobra da última peça.

 

Cumeeira triangular de 20º

  • No encontro de três lados do telhado deve-se usar a cumeeira triangular.
  • A cumeeira triangular deve cobrir todas as telhas. Sua fixação deve ser feita em 4 a 6 pontos.

Fechamento da cumeeira

  • Esta peça deve ser utilizada nas pontas do telhado. Sua fixação deve ser feita em 2 pontos na parte de baixo; geralmente deixa-se uma ponta de 100mm.

  • As telhas devem ser transportadas com cuidado, para evitar riscos ou danos.
  • Procure colocar as telhas num lugar plano, empilhadas, não passando de 100 folhas em cada pilha.
  • As normas de segurança para manipular telhas devem ser sempre respeitadas.
  • As telhas de PVC são 100% recicláveis. Direcione os resíduos da sua construção para locais apropriados de coleta seletiva.